Notas | 25 MAR 2015

Está disponível o curso Dados Abertos Conectados


A área de dados abertos e dados abertos conectados (do inglês Linked Open Data) vem crescendo e recebendo grande atenção tanto pela comunidade governamental, que possui uma grande quantidade de dados, quanto pela comunidade de desenvolvedores profissionais, que possui interesse em utilizar estes dados para gerar aplicativos (software) de alto impacto econômico e social.

Apesar do grande interesse, infelizmente, são poucas as entidades governamentais que possuem recursos humanos já treinados e qualificados para produzir dados abertos com qualidade e que possam ser utilizados para o desenvolvimento de aplicativos. Outra dificuldade é a carência de desenvolvedores que possuem habilidades para trabalhar com dados utilizando tecnologias avançadas da Web, em particular, as tecnologias da Web Semântica como ontologias (OWL, RDF-S), SPARQL, serviços semânticos, dentre outras, que permitem “raciocinar” em cima dos dados disponibilizados na Web de maneira rápida, segura, e com maior consistência. Essa falta de profissionais qualificados é um grande problema, uma vez que a Administração Pública federal, por meio da Lei de Acesso à Informação, em seu artigo 8º, determinou a necessidade de disponibilização de dados governamentais em formato aberto.

Assim, surgiu a demanda para a segunda parte do curso sobre Dados Abertos que visa capacitar gestores públicos, possibilitando que estes compreendam o assunto e atuem, de forma proativa, na abertura de dados governamentais.

Objetivo do curso

O objetivo principal deste curso é fomentar e incentivar a qualificação de profissionais por meio da capacitação teórica, técnica e tecnológica que apoiam a criação e manutenção do ecossistema de dados abertos. Em particular, focaremos em métodos e ferramentas para modelar e estruturar os dados de maneira adequada (por exemplo, por meio de ontologias) para que estes possam ser utilizados e reutilizados por programas de computador. Além disso, pretende-se apresentar técnicas de desenvolvimento de software utilizando tecnologias avançadas provindas da área de Web Semântica e Linked Data para fazer uso efetivo dos dados publicados na Web.

Espera-se que ao final do curso os alunos:

  • Tenham uma visão geral sobre dados abertos, dados abertos conectados e suas potenciais aplicações;
  • Tenham conhecimentos necessários para modelar, publicar e consumir dados abertos de maneira estruturada e sistemática;
  • Entendam o processo de disponibilização (abertura) de conjuntos de dados de maneira estruturada por meio de ontologias;
  • Tenham conhecimentos sobre as diversas tecnologias da Web Semântica e suas potencialidades;
  • Desenvolvam habilidades para utilizar as tecnologias da Web Semântica tanto na disseminação dos dados quanto para criação de aplicativos simples.

Coordenação de Conteúdo

O Centro de Estudos sobre Tecnologias na Web - CeWeb.br dissemina e promove o uso de padrões abertos, fomenta e impulsiona o avanço da Web no Brasil por meio de estudos, pesquisas e experimentações de novas tecnologias. Faz parte do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto Br (NIC.br) e atua de forma conjunta e participativa nas atividades do Escritório Brasileiro do W3C, apoiando e contribuindo para o aprimoramento e evolução das tecnologias Web e suas atividades nacionais e internacionais.

O conteúdo foi elaborado por:

Seiji Isotani

Pesquisador, Inventor, Empreendedor e Professor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC-USP). Possui Bacharelado e Mestrado em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo (IME-USP). Concluiu seu doutorado na área de Engenharia de Ontologias e Web Semântica na Osaka University, Japão. Realizou seu pós-doutorado na Carnegie Mellon University, EUA, onde foi contratado e permaneceu no quadro docente (Faculty) até 2011.

Tem experiência na área de Ensino, Ciência da Computação, desenvolvimento de software e transferência de tecnologia, com ênfase em sistemas colaborativos e sistemas educacionais semânticos. Junto o W3C tem trabalhado em projetos de pesquisa e extensão relacionados a criação de um ecossistema para produção e consumo de dados abertos. É fundador e atual co-coordenador do Laboratório de Computação Aplicada à Educação e Tecnologia Social Avançada (CAEd), realizando pesquisas em ontologias, open linked data, web semântica, sistemas tutores inteligentes, aprendizagem colaborativa e mineração de dados educacionais. Também é co-fundador da Empresa MeuTutor que desenvolve tecnologias semânticas para a Educação e ganhou diversos prêmios nacionais e internacionais.

Ig Ibert Bittencourt

Graduado em Análise de Sistemas pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió, mestrado em Modelagem Computacional do Conhecimento pela UFAL, doutorado em Ciência da Computação pela UFCG e pós-doutor pela Unicamp. Atualmente é Professor do Instituto de Computação da Universidade Federal de Alagoas, Bolsista de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do CNPq, consultor do W3C e membro da Sociedade Brasileira de Computação e Association of Computing Machinery. Trabalha em conjunto com o W3C para a definição de boas práticas de dados na Web e vocabulários relacionados à qualidade dos dados na Web e ao uso de dados na Web.

Foi professor visitante no Research Group Data and Web Science da Universidade de Mannheim, é um dos fundadores do Núcleo de Excelência em Tecnologias Sociais (NEES) e atua como Vice-coordenador da Comissão Especial de Informática na Educação da Sociedade Brasileira de Computação. Atua com pesquisa, desenvolvimento e inovação nas áreas de Tecnologias Educacionais, Web Semântica e Empreendedorismo Social, onde é um dos fundadores do MeuTutor (empresa que usa tecnologias semânticas na educação) e ganhou diversos prêmios nacionais e internacionais.

Realização:

Este curso é realizado pelo Centro de Estudos sobre Tecnologias na Web - Ceweb.br. É também uma continuação do curso Publicação de dados em formato aberto, que compõe o Projeto de Cooperação Técnica entre a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a Controladoria-Geral da União (CGU), e o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) através do Escritório Brasileiro do W3C, denominado “Política Brasileira de Acesso a Informações Públicas: garantia democrática do direito a informação, transparência e participação cidadã”.

Estrutura do curso

Módulos e carga-horária

O curso tem carga-horária de 30 horas, e está dividido em seis módulos:

Módulo I – Visão holística: da produção ao consumo de dados abertos

  • Carga-horária: 5 horas
  • Revisão sobre Dados abertos
  • Da Grande Produção de Dados aos Dados Conectados
  • Dados Conectados e Dados Abertos Conectados

Módulo II – Estruturação de dados e dados abertos conectados

  • Carga-horária: 5 horas
  • Estruturação de dados e dados abertos conectados
  • Padrões para representação e distribuição de dados
  • Exemplos de sucesso e contra-exemplos

Módulo III – Ontologias e representação de conhecimento

  • Carga-horária: 5 horas
  • Ontologias
  • Tipos de Ontologias
  • Aplicações de ontologias

Módulo IV – Engenharia de Ontologias

  • Carga-horária: 5 horas
  • Metodologias de desenvolvimento de ontologias
  • Ferramentas e Linguagens
  • Exemplos de criação de ontologias

Módulo V – Desenvolvimento de Aplicações Semânticas

  • Carga-horária: 5 horas
  • Padrões de desenvolvimento
  • Ferramentas para desenvolvimento de aplicações semânticas
  • Desenvolvimento de uma aplicação semântica usando o JOINT

Módulo VI – Fechamento

  • Carga-horária: 5 horas
  • Fechamento dos temas

Cronograma

Neste curso, o aluno tem autonomia para fazer o seu próprio cronograma de estudos.

No entanto, o aluno deve se organizar, pois o sucesso de um curso a distância depende da administração adequada do tempo que você dispõe. Não deixe que os conteúdos se acumulem, dedique algumas horas diárias para o seu estudo; assim, você terá um ótimo rendimento.

Não deixe também de participar das atividades propostas, pois, com certeza, contribuirão muito para seu conhecimento sobre dados abertos.

Sugestão de cronograma:

Para cada módulo:

Duração: 1 semana

Dedicação: 1 hora por dia de segunda a sexta

Link para acesso ao curso: 
http://www.ep.org.br/curso/58